Queen Latifah

Queen Latifah

Queen Latifah certamente não foi a primeira mulher rapper, mas foi indiscutivelmente a primeira a se tornar uma verdadeira estrela do rapp. Além de ter mais carisma do que o suas antecessoras, é bastante inteligente, tem personalidade forte e se mostra uma feminista nata através de suas composições. Seu terceiro álbum, "Black Reign", foi o primeiro álbum de uma rapper a ganhar o disco de ouro, o que a tornou um fenômeno comercial e abriu o caminho para outras rappers a se lançarem na indústria da música que teve um "boom" durante a década de 90. Mesmo com grande aceitação do público e crítica ...

Clipes

Biografia completa

Queen Latifah certamente não foi a primeira mulher rapper, mas foi indiscutivelmente a primeira a se tornar uma verdadeira estrela do rapp. Além de ter mais carisma do que o suas antecessoras, é bastante inteligente, tem personalidade forte e se mostra uma feminista nata através de suas composições. Seu terceiro álbum, "Black Reign", foi o primeiro álbum de uma rapper a ganhar o disco de ouro, o que a tornou um fenômeno comercial e abriu o caminho para outras rappers a se lançarem na indústria da música que teve um "boom" durante a década de 90. Mesmo com grande aceitação do público e crítica especializada Latifah decidiu investir em sua carreira como atriz atuando em filmes e sitcoms e até mesmo lançando seu próprio talk show. Mesmo ficando longe dos palcos durante um tempo, ela ainda era reconhecida como a estrela do hip-hop, atingindo um nível de respeito que a transformou em um ícone no mercado fonográfico. Queen Latifah, batizada como Dana Owens, nasceu em Newark, New Jersey, no ano de 1970 e aos oito anos recebeu esse apelido de um primo de descendência muçulmana. A palavra Latifah -- de origem árabe significa "delicada" ou "sensível". Desde cedo envolvida no meio artístico, Latifah da produção de The Wiz, em sua época de High Scholl. Nessa mesma época ela se envolveu com o rapp sendo integrante do grupo Ladies Fresh. Na faculdade, ela adotou o nome Queen Latifah e juntamente com Afrika Bambaataa's na banda Native Tongues, tentou trazer uma forma mais positiva, a consciência da cultura afro para o hip-hop. Nessa mesma época, ela gravou uma demo que lhe possibilitou a trabalhar com Tommy Boy, com quem lançou seu primeiro single intitulado " Wrath of My Madness", em 1988, que foi seguido por "Dance for Me". Em 1989, ela lança seu primeiro álbum " All Hail the Queen", que logo no lançamento teve uma excelente aceitação. O hit de destaque fica para "Ladies First" que fica no topo das paradas do hip-hop. Além de ser consagrada como "a" rapper do hip-hop, o álbum mostra que Latifah também tem talento com diferentes estilos como R & B, reggae, house, etc. Nessa mesma época Latifah se associa a empresa Flavor Unit Entertainment, e foi responsável pela descoberta da banda Naughty by Nature. Em 1991, ela lança seu segundo álbum intitulado "Nature of a Sista". Com estilo mais leve que o álbum de estréia o álbum não teve a mesma repercussão que o primeiro fazendo com que Tommy Boy não renovasse o contrato com a estrela do rapp. O terceiro álbum, "Black Reign" chegou às lojas em 1993 pelo selo Motown. O álbum foi dedicado a seu irmão, que havia morrido em um acidente de moto, e se tornou seu trabalho mais popular garantindo a Latifah o disco de ouro além do Grammy de Melhor Performance Rap Solo. A carreira de atriz de Latifah já estava bem desenvolvida nessa época. Com participações em filmes como Jungle Fever, House Parte 2, e Juice, bem como a série de TV "The Fresh Prince of Bel Air", ela ainda foi convidada a participar como coadjuvante na série "Living Single" exibida pela Fox que ficou no ar até 1997. Depois de "Living Single", Latifah retornou ao estúdio para gravar seu quarto álbum. "Order in the Court" foi lançado em 1998 e constatou a dedicação da cantora no R & B o que fez com que a crítica a comparasse com Missy Elliott. Impulsionado pelos hits "Bananas (Who You Gonna Call?) e "Paper", o álbum teve um ótimo retorno comercial. No mesmo ano, ela apareceu no filme "Sphere and Living Out Loud", cantando jazz de uma forma estraordinária. Em 1999 ela lançou o Queen Latifah Show, um talk show diurno, que ficou no ar até 2001. Em 2004, ela lança seu quinto álbum intitulado "The Dana Owens Album", uma coletânea de covers e interpretações - desde Dr. Buzzard's Original Savannah Band's com a canção "Hard Times" a Billy Strayhorn's com a famosa "Lush Life" - que destacou ela cantando outros estilos diferentes do rapp. Em 2007, com um formato parecido ao anterior chega às lojas o mais recente trabalho de Latifah. Intitulado Trav'lin 'Light, o álbum conta com participações especiais de Joe Sample, George Duke, Erykah Badu e Jill Scott. Durante os anos entre os lançamentos, ela atuou em vários filmes, incluindo Táxi, Beauty Shop, Last Holiday, e Hairspray. Discografia 1989 -- All Hail the Queen 1991 -- Nature of a Sista 1993 -- Black Reign 1998 -- Order in the Court 2004 -- The Dana Owens Album 2007 - Trav'lin 'Light